magazinedmtech

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

SUPERAR A LETRA DA LEI

Justiça pintada por Marília Chartune

O Evangelho deste 6º DOMINGO COMUM apresenta a posição de Jesus diante da Lei (ou Torá). Após algumas considerações gerais, expõe seu ponto de vista sobre o homicídio , a adultério, o divórcio e o juramento. Apresenta o que era a Lei em si e sua nova visão. Com a fórmula "foi dito, mas eu vos digo", revela sua autoridade superior à de Moisés na interpretação da Lei e também mostra a necessidade de ir além da letra, descobrir o Espírito da Lei. Assim, Jesus representa a continuidade e a ruptura em relação à Torá.
Uma religião pura e simplesmente formalista e legalista se preocupa apenas com a boa ou a má conduta externa e não tem nenhum MÉRITO diante de Deus. Quem cumpre apenas a letra da Lei não tem nenhum MÉRITO, faz apenas o que está determinado. Pode ser muito fácil tão somente seguir uma norma e não se comprometer com algo a mais por AMOR. Sempre devemos descobrir uma maneira para realizar o bem subentendido na Lei.
Numa sociedade do descartável como a nossa, em que tudo muda com facilidade, é preciso muito discernimento para não jogar no lixo as pérolas preciosas. Há o perigo de não ver nenhum valor no antigo e sentir cheiro de mofo em tudo o que é herdado do passado. Jesus preserva o que é válido e lhe dá novo sentido, mas descarta o que já não tem nenhuma validade para a defesa da vida. . A Lei tem a função de defender a vida , principalmente dos mais necessitados. Com sua interpretação, Jesus mostra que nem tudo o que foi escrito está automaticamente superado, mas merece ser revisto para que se mostre o valor por trás da Letra.
Ir além da simples letra da lei significa não ficar no mínimo proposto. O cristão que ama verdadeiramente não se limita ao mínimo indispensável. As Palavras de Jesus convidam o cristão a algo a mais, a dar um passo adiante na FRATERNIDADE, no AMOR, no RESPEITO e na SINCERIDADE.

Autor Conhecido: Padre Nilo Luza, ssp.

Nenhum comentário:

Postar um comentário