magazinedmtech

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

CAPÍTULO 18: VOCAÇÃO: CHAMADO? E RESPOSTA!


Minha experiência diz que o ser humano é inerentemente bom!
Mas a minha inexperiência diz exatamente o contrário!
Contudo, o ser humano não é bom nem mau. Ele é apenas humano!
O que o homem faz é que pode ser considerado bom ou mau.
Um ato de amor realizado por um homem considerado ruim tem uma dimensão diretamente proporcional ao ato realizado por um homem "santo".
Um ato de amor realizado por um homem considerado ruim pode trazer sentido a uma vida e fazer todo o pecado ser apagado pela força do ato de amor.
No final das contas, nenhum ser humano sabe, com certeza, quais os caminhos que levam a Deus. 55

            A verdadeira vocação não é apenas um chamado, mas também uma RESPOSTA (SIM ou NÃO?).
            Num dia especial, na ocasião da Adoração do Santíssimo permaneci com os olhos abertos e focados no Corpo de Cristo, mas, por inúmeras vezes, meus olhos se desviaram e passaram a observar as pessoas ajoelhadas em estado de adoração. Era como se Deus estivesse presente no coração dos meus irmãos e irmãs na fé. Senti a necessidade de tocar em cada um e acariciar inocentemente a cabeça de todos, inclusive dos que eu não conhecia, para sentir as emanações do Amor de Deus. E esse sentimento me pareceu impróprio, por isso, deixei a referida incumbência nas mãos de quem é realmente preparado e competente para fazer o trabalho de oração e aconselhamento. Em alguns momentos fechei os olhos tentando fixar meu pensamento no Senhor. Mas, bem no momento da Adoração, vieram as seguintes indagações em minha cabeça de humano mortal e imperfeito: Deus é centralizador ou descentralizador? E o homem é centralizador ou descentralizador? Perguntei ao meu psicólogo... Ele me respondeu com bastante propriedade: "Deus é descentralizador quando distribui o Seu amor igualmente entre os homens; mas o homem pode ser tanto centralizador, quando fixa o seu amor em Deus ou em si mesmo; como também pode ser descentralizador e disseminar o conteúdo do seu ego (eu) com as outras pessoas que estão ao redor." Quando está última hipótese ocorre, a descentralização do ego (eu) do ser humano somente gera frutos positivos quando o ser humano tem em Deus o seu refúgio.
            Uma vez ouvi uma das minhas antigas professoras indagar aos alunos sobre o tema: vocação. Uma colega minha deu uma resposta que resume o que considero uma das virtudes mais valiosas do ser humano: “Eu não faço o que gosto, mas gosto do que faço!” A capacidade de adaptação torna a pessoa menos vulnerável aos traumas causados pelas mudanças, tribulações e intempéries tão comuns na vida de qualquer ser humano.


__________________________________________
55 Texto em itálico foi retirado do filme “Diamante de Sangue” com Leonardo DiCaprio.



FONTE: ARAÚJO, Denio Medeiros de; SIMPLESMENTE BIPOLAR; 1º Edição Digital, Caicó: Editora Blogger, 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário