magazinedmtech

domingo, 21 de agosto de 2016

CAPÍTULO 12: O TERÇO DE MARIA REVELANDO O LADO HOMEM DE SER IGREJA E O LADO FAMÍLIA DO SER HUMANO


          Um Diácono Permanente uma vez me disse: “A oração contemplativa do Terço é o melhor remédio para combater a ansiedade. Devemos recitar o Terço antes e depois de tomar decisões ou enfrentar situações que exigem muito da nossa capacidade emocional”. 
          Antes de recitar o Terço entrego as minhas intenções a Deus (pedidos e agradecimentos) às vezes em profundo silêncio, às vezes partilhando com os meus irmãos na fé. Os meus pedidos sempre vêm acompanhados de um sincero sentimento de gratidão.
Oremos... Suplicando a vinda das tão desejadas chuvas na medida certa às necessidades do nosso querido SERTÃO!
Quem é nordestino conhece as dificuldades da convivência com a seca... As autoridades não se solidarizam com o sofrimento do sertanejo sofredor... Cabe a nós (povo de Deus) elevar clamores Àquele que sempre cumpre as PALAVRAS EMPENHADAS... Contudo, muitas vezes, (POR MINHA CULPA... MINHA TÃO GRANDE CULPA!) devido a nossa FÉ fraca e pouco nutrida, não nos é concedido ver tais promessas CUMPRIDAS... PACIÊNCIA...
Deus não se cansa de PERDOAR... Nós é que nos cansamos de DAR e PEDIR o PERDÃO.” (Citação retirada do pronunciamento do Papa Francisco realizado logo após a Bênção do Ângelus do dia 17 de março de 2013)
Bem-aventurados os que têm fome e sede de JUSTIÇA, porque eles serão saciados.” (Mateus 5, 6)
Aquele que está assentado sobre o trono os abrigará em sua tenda. Já não terão fome, nem SEDE, nem o sol ou calor algum os abrasará, porque o Cordeiro, que está no meio do trono, será o seu pastor e os levará às fontes das águas vivas; e Deus enxugará toda lágrima de seus olhos.” (Apocalipse 7, 15-16)

Rezemos este Mistério suplicando a Deus por SAÚDE... SAÚDE não consiste apenas na ausência de doenças... O conceito de SAÚDE é mais amplo e abrange o BEM-ESTAR FÍSICO, MENTAL, SOCIAL e ESPIRITUAL...
Rezemos também agradecendo pelo DOM DA VIDA... Como tudo na vida, não existe GLÓRIA sem LUTA... Nem RESSURREIÇÃO sem MORTE... No entanto, não existe MORTE santa quando ela é desejada... Assim, não devemos nos queixar quando a VIDA mostrar-se tão SOFRIDA... A escuridão dura apenas o intervalo de uma noite e o Sol sempre vem iluminar nossos dias e torná-los repletos de ALEGRIA.
Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” (Salmo 30: 5)

Ofereçamos este Mistério agradecendo pelos avanços no campo da medicina, pela descoberta de novos remédios e vacinas, pelos métodos de cirurgias, pois tudo isso proporciona saúde aos filhos de Deus. O livro de Eclesiástico, no capítulo 38, faz um grande elogio ao médico e à medicina, dizendo que Deus criou tudo aquilo de que o homem necessita para fazer os remédios tão úteis à saúde.
Honra o médico, porque é necessário; porque o Altíssimo é Quem o criou. Porque toda a medicina vem de Deus. A ciência do médico exaltará a sua cabeça, e será louvado na presença dos grandes. O Altíssimo é quem produziu da terra os medicamentos, e o homem prudente não terá repugnância por eles.” (Eclesiástico 38, 1-4)

Neste Mistério, agradeçamos e prestamos louvores a Deus pelos avanços realizados nos campos da PSICOLOGIA, da NEUROLOGIA e da PSIQUIATRIA que beneficiaram tantas pessoas acometidas por conflitos na área da mente humana, conflitos esses que afetam o COMPORTAMENTO do indivíduo e, consequentemente, causam sequelas nas RELAÇÕES HUMANAS. Oremos, também, por aqueles que padecem nos HOSPITAIS DE CUSTÓDIA e nos MANICÔMIOS. Tratados como LIXO, escória da humanidade, peso para a sociedade... Supliquemos pela cura dos males da ALMA. Num mundo onde os avanços TECNOLÓGICOS e CIENTÍFICOS proporcionam tratamentos cada vez mais eficientes não se concebe ver, nos dias atuais, pessoas sendo tratadas à margem da SOCIEDADE, como se faziam nos antigos leprosários. Lembremo-nos da postura de Jesus Cristo diante da DOENÇA e façamos desta postura um reflexo em nossas vidas.
Sucedeu que, encontrando-se Jesus numa cidade, eis que apareceu um homem cheio de lepra, o qual, vendo Jesus, prostrou-se com o rosto por terra e suplicou-lhe, dizendo: Senhor, se Tu queres, podes me limpar. Ele, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero, sê limpo. Imediatamente a lepra desapareceu dele.” (Lucas 5, 12-13)

Oferecemos este Mistério em agradecimento a Deus pelos amigos que descobrimos no AMOR e/ou na DOR. Um amigo VERDADEIRO que se faz presente, como o bom samaritano, tratando das nossas feridas, acolhendo-nos na hospedaria do seu coração, investindo os denários do seu tempo, da sua presença, da sua intercessão e, sobretudo, da sua compreensão que não nos acusa e nem nos censura. Um amigo disposto a emprestar os seus OUVIDOS e abrir o seu CORAÇÃO, tendo em vista frutuosas colheitas de CURAS e o compartilhamento de ALEGRIAS.

Ofereçamos este Mistério em agradecimento a Deus: ”bendito seja o sofrimento que faz com que eu crie força e aprenda a voar. Bendito seja o sofrimento que faz com que eu entre em mim mesmo e crie coragem de me levantar”.
Existem cruzes das quais nós temos que nos libertar o mais rapidamente possível. A cruz do orgulho, a cruz do ódio, a cruz do vício, a cruz da auto-rejeição, enfim, a cruz do pecado que não glorifica a Deus. Essas cruzes devem ser jogadas na fogueira, o mais rapidamente possível.
Contudo, existem sofrimentos que nos aproximam de Deus, fazendo-nos crescer como pessoa humana.
Costumo anunciar sempre: “O que torna um sofrimento uma experiência POSITIVA, PROFÍCUA, ABENÇOADA e SALUTAR perante Deus é a forma como enfrentamos tal sofrimento”.
Peço a Deus: “Dai-me forças para enfrentar os DESAFIOS do dia a dia e perseverança para me manter firme na FÉ, principalmente, nos momentos de tribulação. A FÉ tem um poder de curar as nossas feridas mais profundas. É através desse caminho (o caminho da FÉ) que nós temos a condição necessária para erguermos e, até mesmo, reerguermos o nosso corpo caído”.
Ele foi ferido por nossas transgressões, esmagado por nossos pecados. Pelas suas feridas fomos CURADOS.” (Isaías 53, 5)

a)      O AMOR INCONDICIONAL DE DEUS
É difícil fazer as pessoas amar-nos sem interferir no Livre Arbítrio. Por isso, tenho profunda admiração e adoração por/em Deus. Ele é a(s) Pessoa(s) que ama(m) incondicionalmente o ser humano, enquanto isto o ter humano impõe milhares de condições para que este amor seja retribuído nem sempre a altura, e a principal condição é a de que Deus faça a minha vontade. O homem é santo e pecador, mas tudo é apagado diante da grandiosidade da suprema misericórdia e do amor incondicional de Deus. O nosso maior pecado é não saber amar! E para aprender a amar nada melhor do que procurar o Mestre dos mestres e beber da fonte da sabedoria do amor ágape. Deus é o GRANDE MESTRE que ensina o Verdadeiro Amor para aqueles que anseiam preencher o coração com um sentimento tão pleno de sentido que nós não precisamos de mais nada para ser felizes. Um dia, Deus se revelou a mim e me falou ao coração, convidando-me a semear nos corações das pessoas a semente do amor ágape, que somente quem tem Deus como referência é capaz de fazê-la germinar. E para que essa semente não apenas germine, mas cresça e frutifique faz-se necessário que as pessoas fixem bem os olhos na seguinte frase que configura o DNA da semente divina: “ame incondicionalmente e acima de tudo a Deus, e ao próximo como a si mesmo29. Depois é só adubar a semente com os alimentos da alma (PALAVRA e ORAÇÃO) e a fé nos deixará do tamanho do amor incondicional de Deus.

b)      O DEUS QUE UNE NA ALEGRIA E NO SOFRIMENTO, NO AMOR E NA DOR...
Deus não deve servir de pretexto para nos distanciarmos dos nossos irmãos. Pelo contrário, Deus é a(s) Pessoa(s) que aglutina a humanidade, unindo-a numa grande, numerosa e única comunidade fraterna, onde todos tenham a oportunidade de experimentar o sabor de ser feliz, enxergando no outro um reflexo da graça Divina em nossas vidas, pois todas as experiências e encontros que passam pelas nossas vidas (sejam eles bons ou ruins) têm sua importância para o nosso desenvolvimento como pessoa humana.
O sofrimento é uma das chaves que nos permite abrir a porta da morada eterna e a forma como nós encaramos (enfrentamos) esse sofrimento é a chancela que nos permite adentrar pela porta estreita do reino de Deus sem sermos barrados. Deus disse que a porta do reino celeste é estreita 30. Isso nos ensina que não passaremos por ela com a facilidade que nós estamos acostumados a encontrar nos dias de hoje. Portanto, os casais de hoje e futuros pais e mães de amanhã, tenham em mente a grandiosa responsabilidade que vocês têm ou terão ao assumirem esta nobre missão que constitui a vocação do matrimônio. Vocês serão os principais responsáveis por semear o amor no coração de suas famílias. Temos que aprender a nos preparar para uma nova realidade que está por vir e que exigirá de nós uma total e perfeita transfiguração 31. Sinceramente, muitos dizem que o mundo vai acabar. Creio que, diariamente, o mundo acaba quando as pessoas não respeitam o direito à vida! O mundo acaba quando o nosso bem mais precioso é jogado no lixo. Aquilo que muitos consideram o que há de mais puro e encantador na humanidade: a inocência das crianças! Por isso, se você for pai ou mãe, preserve esta maravilha de presente que Deus colocou nas suas vidas, na vida das nossas famílias. Por favor, preservem uma das bênçãos que Deus derramou sobre todos nós e que ainda faz os olhos de muitos brilharem. “Viva a eternidade com a inocência de uma criança!

c)       FALAR DE DEUS OU FALAR COM DEUS?
Nos meus tempos de criança, minha avó já me dizia o quanto é importante ser e me ensinava a falar com Deus. Tenho uma lembrança muito forte de outra catequista que fez muitas obras em meu coração: nós a conhecíamos pelo belo apelido de Dona Generosa. Já na minha adolescência, após muita dedicação aos estudos, conquistei a tão sonhada vaga na Universidade! Com o estudo veio junto uma palavrinha de oito letras e um acento que muito influenciou (e continua influenciando...) a minha vida: ciências.
Com o meu ingresso na Universidade a minha visão crítica ficou mais apurada. Cheguei a colocar fé naquela famosa frase de Renato Russo (vocalista da banda Legião Urbana): “Eu só acredito naquilo que duvido!” Na Universidade surgiu a necessidade de conviver harmoniosamente com ateus, protestantes, budistas, espíritas, católicos, roqueiros, emos, góticos, ou seja, tive uma boa experiência com várias propostas diferentes da minha. Nessa época, exercitei bastante a virtude da tolerância. Bem, também foi nessa época da Universidade que comecei a falar de Deus, questionando algumas passagens da Sagrada Escritura, principalmente do Antigo Testamento, e reforçando as virtudes que a meu ver fazem os Evangelhos serem considerados por muitos ou pela maioria a Palavra de Deus. Com tantas preferências e prioridades adquiridas ao longo da minha passagem pelo ensino superior comecei a perceber que perdia algo valioso aprendido nos meus tempos de criança: Falar com Deus é mais importante do que falar de Deus. “Minha avó Júlia e minha querida Dona Generosa, como as senhoras me fazem falta! Ensinem-me novamente a falar com Deus”.
A oração é uma arma de amor e um escudo de proteção poderosíssimo. Não importa se você é rico ou pobre, majestade ou plebeu, bonito ou feio, forte ou fraco, capitalista ou comunista, está na situação ou na oposição. O importante é ter um terço na mão e Deus no coração.
            O Terço dos Homens é um Movimento que começou no Nordeste há poucos anos e se difundiu rapidamente por todo o Brasil.
A Comunidade em que os homens se reúnem com sua voz forte e rezam o Terço de Nossa Senhora, louvando por ela a Trindade Santa. Essa participação tão surpreendente vem mostrar mais uma vez que o homem tem religião. Ele só não sente necessidade de manifestá-la com a mesma expressividade das mulheres.
Que Nossa Santa Mãe, Maria; São José, pai adotivo e não menos querido de Jesus; além é claro, do próprio Jesus Cristo, abençoem os homens e mulheres que enxergam na SAGRADA FAMÍLIA uma referência. 32
Tanto a leitura das Sagradas Escrituras quanto a recitação do Terço devem ser MEDITADOS. Muitos cristãos leem o Evangelho e recitam o Terço de forma MECÂNICA. Essa prática de mecanização da leitura do Evangelho e da recitação do Terço, associada à livre interpretação das Escrituras Sagradas, torna infrutífera a comunicação recíproca entre o ser humano e Deus.

d)      FAZER BEM FEITO

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.”
                                               Fernando Pessoa

Deus é perfeito, para quem tem fé, não é nenhuma novidade. Não obstante, fico pensando por que tantas pessoas só fazem perfeito aquilo que interessa ou que tem interesse. As coisas de Deus sempre são colocadas em segundo plano ou muitas vezes esquecidas. Vejo constantemente na minha comunidade pessoas que reclamam, “fofocam” ou questionam, mas não levantam nenhum centímetro para ajudar, consertar, esclarecer ou orientar. Um absurdo perceber um monte de fariseus nos dias de hoje. Batem no peito e apontam os erros dos outros. O Cristo denunciou isso. Hipócritas!
Contudo, minha revolta não é raiva. Mistura-se, às vezes, com decepção, tristeza, vergonha e pena. Decepção por ver “cristão” falando uma coisa e vivendo outra; tristeza pelo fato de cada vez mais a Igreja ficar desfigurada do rosto Daquele que a fundou: Jesus; vergonha quando tento mostrar a minha fé e só escuto acusações de contratestemunho do Catolicismo; e pena porque uma Igreja tão linda na sua doutrina e ensinamento é maculada por alguns que vivem sem entender a mensagem deixada por Seu fundador.

Com sentimentos tão negativos devo perder a fé? Mudar de denominação cristã? Participar de alguma outra religião? Talvez meus amigos céticos ou ateus digam sim. Porém, ainda me resta uma semente de mostarda (a menor de todas, mas não menos importante...) e a confiança em quem acredito. Igreja feita de humanos tem disso. O que faço? Como já disse, faço a minha parte, os 10%. Procuro olhar para minha vivência de fé e sempre busco ser total, inteiro no que me proponho realizar, como Fernando Pessoa no poema. Perfeccionismo faz parte de uma pessoa com bipolaridade. E aproveito esse aspecto do espectro bipolar para viver a minha fé com muita prudência nos momentos de crise e entrega total nas horas vagas.

        Não rezo o Terço, porque é bonito ou dá algum status, mas debulho as contas do Rosário porque acredito e tenho fé na Palavra de Jesus.

_____________________________________
29 Mt 22, 34-40
30 Lc 13, 24-30
31 Mc 9, 2-13
32 O texto em itálico foi retirado do discurso do coordenador do terço dos homens da Matriz de São José (Caicó-RN), realizado aos 16 de março de 2011 na novena da festa de São José.



FONTE: ARAÚJO, Denio Medeiros de; SIMPLESMENTE BIPOLAR; 1º Edição Digital, Caicó: Editora Blogger, 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário