magazinedmtech

terça-feira, 25 de junho de 2013

MEDICOS MADE IN CHINA... MADE IN CUBA... MADE IN PARAGUAI... MANDE BRASIL!




Gostaria de fazer um comentário sobre o pronunciamento que a Presidenta Dilma fez com relação a IMPORTAÇÃO de MÉDICOS...

Eu faço o Curso de Redes de Computadores pelo PRONATEC na Instituição SENAI/Caicó/RN e fiquei extremamente feliz com o anúncio da Presidenta Dilma no que se refere ao INVESTIMENTO de 100% dos ROYALTIES do Petróleo em EDUCAÇÃO... Espero ver a teoria tornar-se PRÁTICA.

Com relação a IMPORTAÇÃO de MÉDICOS MADE IN CHINA fiquei extremamente receoso.

Creio ser uma melhor ideia INVESTIR nos CURSOS e PROFISSIONAIS 100% BRASILEIROS.

A grande questão é como atrair estes PROFISSIONAIS da MEDICINA para o INTERIOR do PAÍS... Vou dar uma ideia por acreditar que você tenha alguma influência POLÍTICA relevante no ÂMBITO REGIONAL... Também creio no POTENCIAL da MÍDIA como meio FOMENTADOR de uma SOCIEDADE mais justa... Tenho FÉ que através da MÍDIA muitas reivindicações do POVO são atendidas.

No curso de REDES DE COMPUTADORES no SENAI/Caicó/RN há muitas discussões acerca das MELHORES formas de INVESTIMENTO na área da EDUCAÇÃO e da SAÚDE.

No que se refere a IMPORTAÇÃO DE MÉDICOS MADE IN CUBA é uma unanimidade entre os meus colegas de CURSO: O GOVERNO FEDERAL deveria investir mais em CURSOS SUPERIORES DE MEDICINA, ENFERMAGEM, FISIOTERAPIA, ETC... Além de dar suporte aos ESTADOS e PREFEITURAS visando oferecer melhores CONDIÇÕES DE TRABALHO aos médicos, enfermeiros e profissionais da saúde... O Governo Federal tem que pôr na cabeça a seguinte informação: NÃO ADIANTA APENAS UM BOM PLANO SALARIAL... É NECESSÁRIO TAMBÉM UMA INFRAESTRUTURA QUE DÊ SUPORTE AO TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE NO INTERIOR DO NOSSO QUERIDO BRASIL... TER UM SALÁRIO DIGNO DE UMA FERRARI, MAS TRABALHAR NUM HOSPITAL ESTILO CALHAMBEQUE NÃO RESOLVE O PROBLEMA MAIOR DA SAÚDE.

Mas como atrair os profissionais para o INTERIOR do PAÍS? Descentralizando o ATENDIMENTO MÉDICO que hoje encontra-se CONCENTRADO nas CAPITAIS e REGIÕES METROPOLITANAS... (PLEONASMO?!?)

Uma ideia interessante que foi abordada em nossas discussões é a seguinte:

Muitos estudantes de MEDICINA, ENFERMAGEM, FISIOTERAPIA, ETC... Fazem o CURSO SUPERIOR com bolsas parciais ou INTEGRAIS, FIES, ETC... Boa parte do dinheiro empregado nessas BOLSAS e FINANCIAMENTOS sai do bolso do CONTRIBUINTE, ou seja, O POVO paga para os FUTUROS MÉDICOS estudarem e se tornarem "EXCELENTES PROFISSIONAIS"... Um colega meu chegou a questionar: "Mas o estudante também não paga impostos?" Claro que paga, mas o que está em jogo não é o INDIVIDUAL... O que está em jogo é o COLETIVO... O POVO pagar TRIBUTOS se sobrepõe ao fato de o INDIVÍDUO pagar TRIBUTOS...

Com isso, seria interessante para o Governo Federal criar PROJETOS visando uma CONTRAPARTIDA dos PROFISSIONAIS FORMADOS em CURSOS SUPERIORES DE QUALIDADE com base em FINANCIAMENTOS ESTUDANTIS e BOLSAS INTEGRAIS ou PARCIAIS, onde o FINANCIAMENTO ESTUDANTIL não seria pago em DINHEIRO, mas com TRABALHO... O estudante faz o CURSO SUPERIOR financiado com DINHEIRO PÚBLICO e RETRIBUI a SOCIEDADE uma PARTE daquilo que APRENDEU as nossas CUSTAS.

SE A IDEIA FOR BOA... COMPARTILHE COM AQUELES QUE PODEM FAZER A DIFERENÇA: O POVO BRASILEIRO!

AUTOR DO TEXTO: Denio Medeiros de Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário