magazinedmtech

quarta-feira, 13 de junho de 2012

VEM AÍ, A PASTORAL DA SAÚDE

São Camilo de Lellis cumprindo a missão de servir aos pobres e doentes. "Todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal". (Mateus 20, 26)
A razão da Pastoral da Saúde está no fato de que ela existe “para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (cf. Jo 10, 10). É sua missão evangelizar com renovador ardor o mundo da saúde, à luz da opção preferencial pelos pobres e enfermos, participando da construção de uma sociedade justa e solidária a serviço da vida.
A Pastoral da Saúde, numa sociedade consumista e preocupada com o ter e o poder, onde a saúde é vista como mercador e as pessoas acometidas por alguma doença como um peso para o Estado, torna-se a voz sensibilizadora e denunciadora da exclusão e da marginalização da pessoa doente.
Ela defende a saúde como um direito fundamental da pessoa humana, sem distinção de cor, raça, status social ou credo. Contudo, para que a Pastoral da Saúde seja um trabalho organizado e fiel ao Evangelho de Jesus Cristo, ela deve ser regida por diretrizes em consonância com a pastoral orgânica da Igreja.
É seguindo os passos de Jesus Cristo que a Pastoral da Saúde descobre o seu lugar e importância na sociedade. A vida é o dom mais precioso com que Deus agraciou o ser humano. Proteger a vida é uma missão sagrada de todos e cada um de nós.


Fonte: Informativo da Paróquia de São José - Caicó(RN) - “O Novo Milênio” (ANO XIII – Nº 182 – JUN/2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário