magazinedmtech

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Recursos disponíveis para o tratamento e o cuidado do Transtorno Bipolar

O cérebro é um órgão como qualquer outro?! Da mesma forma que um cardíaco toma remédios para manter o bom funcionamento do coração, o hipertenso toma medicamentos para manter a circulação funcionando adequadamente, o diabético aplica insulina para regular os níveis de glicose no sangue; também a pessoa com bipolaridade deve seguir um tratamento rigoroso com o uso de medicamentos chamados "Reguladores de Humor" para manter o cérebro funcionando em perfeito equilíbrio.    


Existem muitos recursos relativos ao transtorno bipolar, à depressão, à ansiedade, às drogas, e ao álcool; organizações e programas para cuidadores; linhas telefônicas de serviços de apoio a crise; serviços de prevenção de suicídio; apoio no luto por suicídio e guias com orientações de tratamento. Também recomenda-se que a pessoa com bipolaridade e o seu cuidador (responsável) procure outros recursos e associações locais e linhas de serviços de apoio em sua área de residência.
A maioria das organizações tem sites na internet que poderão ajudá-lo. Nem todas as informações existentes na internet estão corretas, visto que não podemos garantir sua qualidade técnica ou científica. Recomendamos que o cuidador responsável pela pessoa com bipolaridade ou a própria pessoa portadora do Transtorno Bipolar confirme tais informações com um profissional de saúde (psicólogo, psiquiatra ou neurologista), se tiver dúvidas, particularmente caso se tratem de informações relativas ao tratamento.

As organizações e os sites listados a seguir têm informações sobre vários tipos de transtornos do comportamento (em especial o transtorno bipolar) e providenciam apoio às pessoas com transtorno bipolar, bem como à sua família e amigos.

Programa de Transtornos Afetivos (Gruda) 
  • htttp://www.progruda.com  

Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtorno Afetivo (Abrata)
  • http://www.abrata.org.br

Associação Brasileira de Transtorno Bipolar
  • http://www.abtb.org.br


FONTE:  BERK, Lesley; Guia para cuidadores de pessoas com transtorno bipolar; São Paulo: Segmento Farma, 2011.


Nenhum comentário:

Postar um comentário