magazinedmtech

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

POESIA DO NATAL MANÍACO-DEPRESSIVO...

HÁ DIAS EM QUE MEU DIA É UM FUNERAL E MINHA NOITE É UM RÉVEILLON... 

Todo dia, toda noite...
Na luz ou escuridão,
Todo passo, descompasso...
Dentro do meu coração

Um bom dia, todo dia...
Quando à noite o sono traz,
Um mal dia, só um dia!
Na insônia se refaz...

A leveza na mania
Faz a gente flutuar...
A depressão é uma agonia
Que nos impede de amar...

O dinheiro é um problema
Difícil de solucionar?!
Na saúde e na doença
Até a morte separar.

Em Deus o equilíbrio
Entre razão e emoção.
O pensamento torna-se sóbrio
O coração transborda em oração.

No Natal há um duelo
Entre o menino e o papai...
Jesus Cristo Salvador.
Papai Noel consumidor.

Essa batalha é dura,
Quando o dinheiro desfigura...
Toda a nossa existência
Não compra uma rapadura.

Transfigurando o nosso SER,
Nosso TER é caridade.
Valorizando o nosso TER,
Nosso SER é iniquidade.

Para diminuir a distância
Peço um pouco a cada um...
Um pouco mais de tolerância.
Um pouco menos de zoom.

Finalizando essa mistura
De fé e oração,
Desejo um natal em Jesus Cristo,
Repleto de paz no coração.




AUTOR DO TEXTO: Denio Medeiros de Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário