magazinedmtech

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Feira do Livro do Seridó 2011


50 ANOS A MIL é a autobiografia de lobão, que conta neste livro ilustrado, a história do menino que queria ser jogador de futebol e acabou entrando no cenário do Rock brasileiro. As músicas, os amigos, as confusões com a polícia - O GRANDE LOBO NÃO POUPA NADA NEM NINGUÉM.

LOBÃO! 50 anos a mil é massa velho! Autobiografia é isso: ISENÇÃO TOTAL E ABSOLUTA! Não devemos ter vergonha nem desprezar a nossa história de vida. Devemos ser como livros abertos prontos para serem devorados por uma gostosa de calcinha fio dental. PRECONCEITO, POR FAVOR, VÊ SE EU ESTOU LÁ NA ESQUINA!

LOBÃO veio a cidade de Caicó-RN, no dia 22 de setembro de 2011, para divulgar o seu livro e bater um papo cabeça com o público da Feira do Livro do Seridó 2011.

Na ocasião, LOBÃO discorreu sobre vários temas polêmicos como as DROGAS, DITADURA MILITAR, política, EDUCAÇÃO, SAÚDE, enfim, todos os temas de relevante importância para a formação de uma sociedade mais JUSTA. Contudo, os dois momentos que me chamaram a atenção, e que destaco na CONVERSA entre o Cidadão caicoense LOBÃO e o POVO caicoense dizem respeito ao atual cenário musical brasileiro. Foi dito que os músicos em destaque na mídia atualmente não passam de rótulos construídos para alienar as mentes dos jovens e poluir os ouvidos dos apreciadores da boa música. Além disso, LOBÃO comentou que ser VERDADEIRO atualmente não é um BOM NEGÓCIO.

Eu, particularmente, tenho um testemunho que prova tudo que LOBÃO comentou no BATE PAPO DESCONTRAÍDO. Recentemente, eu fiz uma viagem a trabalho para a cidade de São Fernando-RN. Dentro do carro havia muitos jovens a procura de uma identidade. Todos munidos de Aparelhos MP4 e Celulares com MP3. A única música que tocava era Luan Santana, NX0, Restart, Strike, entre outras merdas musicais. LOBÃO foi muito enfático quando disse que quem ouve merda se torna um grande COCOZÃO! Acreditem, a cultura brasileira deixou saudades! Uma prova disso foi que eu coloquei para tocar no meu celular a música PERFEIÇÃO de Legião Urbana durante a VIAGEM para São Fernando e nenhum (EU DISSE NENHUM!) dos jovens ali presentes reconheceu a música. Eu sou uma geração superada?!? Mas não devemos desanimar. Os artistas morrem, mas as suas obras são ETERNAS! Eu espero que um dia a MERDA DO MUNDO CHEIRE TÃO MAL QUE ATÉ O GRANDE COCOZÃO PEÇA PARA DAR DESCARGA!

 
A PRIMEIRA FOTO A GENTE NUNCA ESQUECE!


AUTOR DO TEXTO: Denio Medeiros de Araújo.
CITAÇÕES: LOBÃO
PARTES DO TEXTO FORAM RETIRADAS DA INTERNET: http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2010/11/27/na-autobiografia-lobao-50-anos-mil-musico-narra-sua-incrivel-saga-familiar-musical-923127641.asp

Nenhum comentário:

Postar um comentário