magazinedmtech

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Mais um Informativo da Semana Santa... Prometo que será o último neste ano de 2011.

Antecipando a Páscoa para todos os cristãos que têm ânsia pelo momento de maior GLÓRIA na VIDA DE CRISTO. Vencer a morte, o tempo, o espaço, e se tornar um SER SUPERIOR, que Ele já era, é e será para todo sempre, juntamente com o PAI e o ESPÍRITO SANTO não é para qualquer um. SÓ JESUS SALVA. SÓ A TRINDADE TEM (TÊM) PODER.

A Igreja inicia, neste domingo, a Semana Santa, a mais importante do ano, quando celebra de maneira especial os mistérios da morte e ressurreição de Jesus. É um tempo privilegiado de graça que Deus nos concede, convidando-nos a refletir sobre a vida e a missão de Jesus, sobre seu sacrifício redentor, a fim de que realizemos uma verdadeira conversão, confrontando nossa vida com os ensinamentos do Divino Mestre.
A Semana Santa se inicia com o Domingo de Ramos, quando recordamos a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. O povo simples recebe Jesus com entusiasmo, agitando ramos, aclamando-o como "bendito aquele que vem em nome do Senhor". (Mc 11, 9). Apesar de tanta festa, o Salvador está chegando a Jerusalém para morrer na cruz, completar sua missão.
E muitos que, nesse dia, saudavam festivos a Jesus, dias depois irão pedir sua condenação. É o contraste que marca nossa condição humana. No domingo também agitaremos ramos de palmeira, aclamaremos o Messias, não só recordando o acontecimento passado, mas professando nossa fé no Divino Redentor.
Depois , de segunda a quarta-feira, a Liturgia nos oferece para meditação textos bíblicos que ressaltam a missão redentora de Jesus. Nas nossas comunidades paroquiais muitas celebrações acontecem, ajudando-nos a viver melhor esses dias. O ponto alto da Semana Santa é o Tríduo Pascal (ou Tríduo Sacro) que se inicia com a missa vespertina da Quinta-feira Santa e se conclui com a Vigília Pascal, no Sábado Santo.
Os três dias formam como que uma só celebração, que resume toda a vida e missão de Jesus Cristo. Por isso, nas celebrações da quinta-feira à noite e da sexta-feira não se dá a bênção final; ela só será dada solenemente no final da Vigília Pascal.


Autor mais do que conhecido: Dom Moacyr José Vitti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário