magazinedmtech

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

CAMPANHA DA FRATERNIDADE: CAMINHOS PARA A FORMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA.


Falar em CONVERSÃO significa falar em formação da consciência. De fato, essa formação é necessária e existem muitos caminhos para isso.
O primeiro caminho é a catequese, seja a de iniciação cristã - para a recepção dos sacramentos da penitência, da eucaristia e da confirmação ou para o batismo de adultos -, seja o processo constante de formação do cristão, que deve acompanhá-lo  por toda a vida. Essa formação é basicamente doutrinal, ou seja, fundamenta-se na Sagrada Escritura e nos documentos do Magistério da Igreja para nos ensinar  qual é a vontade de Deus e quais as consequências da sua vontade para a nossa vida.
Segundo caminho é a formação permanente, que pode se dar por meio das homilias, dos cursos e encontros, da participação em movimentos, círculos bíblicos, etc.
Outro caminho é o sacramento da penitência acompanhado da direção espiritual. De fato, a participação nesse sacramento  não se limita ao PERDÃO DOS PECADOS, mas tem também o ELEMENTO PEDAGÓGICO, que é FORMATIVO. Esse caminho de formação é muito importante, pois, além da DIMENSÃO SACRAMENTAL, valoriza a DIMENSÃO PESSOAL do fiel e aponta itinerários concretos para que ele se supere.
A CAMPANHA DA FRATERNIDADE também pode ser um caminho importante para a formação da consciência, porque nos leva ao diálogo entre a FÉ e os problemas que mais afligem a nossa sociedade: mostra as relações existentes entre tais problemas e o PECADO e evidencia que a nossa condição de pecadores causa esses problemas, geradores de SOFRIMENTO, DOR e MORTE. Também deixa claro que a consciência não pode ser reduzida  ao âmbito pessoal, mas deve envolver o COMUNITÁRIO, o SOCIAL e o ECLESIAL.

Autor Conhecido: Padre José Adalberto Vanzella (Secretário-executivo do R. Nordeste 5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário